Na vida nada espero
Eu vivo pra morrer
E durmo pra esquecer
Esquecer tanto sofrimento
Tanto desgosto
Que essa vida já me causou
Vivo dias de pesadelo
Dias que eu passo vegetando
Se não consigo mais sorrir
É porque essa maldita vida
Só me dá motivos para chorar
Chorar de tristeza
Chorar de raiva
E de tanto chorar
Já não tenho mais tantas lágrimas
Às vezes, eu choro à seco
Dos meus olhos lágrimas não saem
Mas em meu pensamento
Eu sempre me afogo
E me canso de tanto lamentar
Vida injusta
Que apesar de tudo
Ainda me obriga 
a permanecer aqui

0 comentários:

Postar um comentário

Rádio Solo Piano

Carlos Christo. Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Seguir por Email